ESPORTE RADICAL

Sesc Skate Park acontece neste sábado na Reserva do Itapiracó

O skate é uma das modalidades de esporte radical mais praticada do Brasil

O Debate do Maranhão - 30/08/2019 2h09

O skate é uma das modalidades de esporte radical mais praticada do Brasil. Cerca de 8,5 milhões de brasileiros são adeptos das manobras de baixo e alto grau de dificuldade, segundo pesquisa realizada pela Datafolha em 2015. No ranking nacional, o Maranhão está bem representado pela pequena notável Rayssa Leal, que há pouco tempo era conhecida como a fadinha do skate. Incentivando e democratizando a prática na capital, o Sesc Skate Park, evento gratuito aberto a adeptos e simpatizantes acontece dia 31 de agosto, na Reserva Itapiracó, das 15h às 19h.

Para os praticantes de todos os níveis, a agenda do Skate Park dispõe das oficinas gratuitas “Esporte sobre rodas” e “Brincando de Skatista” e competições de manobras rápidas “The Best Trick” com inscrições na Reserva Itapiracó e brindes para os vencedores como shapes, kits de rodas para skate, skates e trucks, tudo sob supervisão da Associação Maranhense de Skatistas Solidários, que apoia o evento realizado pelo Sesc.

Os simpatizantes da modalidade e o público em geral podem contemplar as manobras de skatistas locais, além de se aventurar na pista livre com o skate e também nos patins ao som de DJ local, curtir a apresentação de dança urbana do Grupo Street Masters e conhecer um pouco da história da modalidade no APA Itapiracó ilustrada em painel fotográfico.

O skate já quebrou muitas barreiras de preconceito e evoluiu bastante nos últimos anos. E um marco para o esporte é o seu reconhecimento como modalidade olímpica a partir de 2020, com participação confirmada na edição de Tóquio, no Japão. Segundo a Confederação Brasileira de Skate (CBSk), existe hoje no país 800 skatistas profissionais e alguns nomes já estão cotados para o pódio na próxima olimpíada. Uma dessas grandes promessas é a maranhense Rayssa Leal.

Ela, que encantou o público na Califórnia e se tornou a mais jovem skatista a faturar uma etapa da Street League Skateboarding, com apenas onze anos, nasceu em Imperatriz (MA). Competindo desde os sete anos, desde o fim de 2018 passou a integrar a seleção brasileira na modalidade street, que consiste em uma pista que simula obstáculos de rua como escadarias, rampas e corrimões.

Você sabia?

Não se sabe ao certo como o skate surgiu, mas a história mais conhecida é que ele teve sua origem na Califórnia, no início da década de 1960. Surfistas queriam encontrar uma forma para se divertirem nos dias em que as ondas estavam fracas. Foi quando tiveram a ideia de colocar rodinhas na parte de baixo de uma tábua de madeira, assim surgiu o skate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.