Política

Sarney defende união contra “desestabilização das instituições”

O ex-presidente José Sarney classificou como lamentável as declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

O ex-presidente José Sarney classificou como lamentável as declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que defende a violação da Constituição, ao defender a reedição do AI-5. Sarney defendeu também na nota a união do país “em qualquer desestabilização das instituições”.

“Lamento que um parlamentar, que começa seu mandato jurando a Constituição, sugira, em algum momento, tentar violá-la”, afirmou Sarney, ao blog de Matheus Leitão, do G1.

“Fui o Relator no Congresso Nacional da Emenda Constitucional que extinguiu o AI-5, enviada pelo Presidente Geisel. Presidi a Transição Democrática, que convocou a Constituinte e fez a Constituição de 1988. Sua primeira cláusula pétrea é o regime democrático”, lembrou Sarney, afirmando que expressa “o sentimento do povo brasileiro, inclusive das nossas Forças Armadas, que asseguraram a Transição Democrática, que sempre proclamei que seria feita com elas, e não contra elas”.

Fonte: Brsil247 com edição do Jornalodebate.com.br

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados