APOSENTADOS

Roseana, Sarney, Lobão e João Alberto recebem aposentaria acima de R$ 20 mil no Senado

O Senado paga desde abril de 2013  salário vitalício de R$ 20,9 mil mensais à ex-governadora do Maranhão, Roseana...

O Senado paga desde abril de 2013  salário vitalício de R$ 20,9 mil mensais à ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), aposentada como servidora da Casa. Roseana passou a integrar os quadros do Senado em um chamado “trem da alegria” – sem ter prestado serviço público -, que durou de 1974 a 1985. Somente em maio de 1986 veio a público a medida que efetivou a filha do então presidente da República, José Sarney (PMDB-AP).

Outro político maranhense que recebe uma alta quantia de aposentadoria no Senado é o pai de Roseana, José Sarney, ele ganha R$ 73.540,76 mensalmente, um somatório dos benefícios que recebe por ter exercido os cargos de analista judiciário no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), governador do Maranhão e senador. Pela primeira função, ganha R$ 14.278,69. A pensão do ex-governador é de R$ 30.471 e pelos mandatos como senador, ganha R$ 29.036,18.

O ex-senador Edison Lobão (MDB-MA), derrotado nas urnas de 2016, já havia se aposentado em 1991, no percentual de 39%. Sua aposentadoria foi suspensa em 1º de fevereiro de 1995, quando assumiu seu primeiro mandato como senador pelo Maranhão, como determina a lei. O benefício foi restabelecido em fevereiro deste ano com o acréscimo do período em que atuou como senador e aumentou para R$ 25.274,01. Lobão (MDB) não conseguiu renovar o mandato. Ele foi eleito pela primeira vez em 1987 e ficou até 1991. Em 1995, tornou-se novamente senador e foi reeleito nos quatro pleitos seguintes.

Aliado histórico da família Sarney, o ex-senador João Alberto pediu aposentadoria do Senado Federal. O emedebista que decidiu não encerrar a disputa eleitoral do ano passado, vai receber nada menos que R$ 25.274,02 mil mensais. O experiente político João Alberto foi deputado federal (1979 a 1987 e 1995 a 1999), senador (1999 a 2007 e 2010 a 2018) e governador do Maranhão (1990 a 1991).

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados