CAPACITAÇÃO

Prefeitura promove valorização da gastronomia local com oficina que teve a juçara como ingrediente

Capacitação integra a política de incentivo ao turismo e ao empreendedorismo local colocada em prática pela gestão do prefeito...

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), concluiu nesta terça-feira (22), a 8º oficina de gastronomia “Sabores da Terra”. Desta vez, o ingrediente trabalhado pelos participantes foi a juçara, nome do fruto e de uma planta nativa da região da Amazônia. As oficinas consistem em mais uma estratégia da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior de fortalecimento dos produtos regionais e oportunidade de geração de renda para a população bem como de fomento ao turismo.

A ideia é que a partir da aquisição de conhecimentos culinários, o participante opte pelo empreendedorismo no setor. Nas sete oficinas anteriores à da juçara foi oferecida capacitação gastronômica a partir de produtos como macaxeira, vinagreira, bacuri, camarão, abacaxi, jabiraca e milho. “Nós agradecemos ao prefeito Edivaldo pela sensibilidade e oportunidade que está dando a essas pessoas para que sejam impulsionadas a empreenderem de maneira mais qualificada”, disse o secretário Adjunto da Setur, Israel Ferreira.

A partir da juçara foram feitos bolo, musse e brigadeiro. A oficina, iniciada na segunda-feira (21), com palestra instrutiva sobre o roteiro turístico e história de São Luís, faz parte da programação do Centro de Capacitação em Culinária Típica que funciona no Museu da Gastronomia Maranhense (Rua da Estrela, 83 – Praia Grande, Centro).

PARTICIPAÇÃO

Desde a primeira capacitação oferecida pelo Centro até este mês de outubro, cerca de 160 pessoas da comunidade e ligadas ao setor da gastronomia e da alimentação foram qualificadas nas oficinas, realizada em parceria com o Senac.

Como instrutora pela segunda vez de uma oficina oferecida pelo Centro de Capacitação em Culinária Típica, a confeiteira Naiara Amorim, acredita que os participantes têm absorvido conhecimento, focando no aperfeiçoamento e no mercado. Antes da oficina na qual trabalhou a juçara, Naiara ministrou curso desenvolvendo receitas a partir do abacaxi de Turiaçu.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados