INVESTIGAÇÃO

MP investiga morte de mãe após o parto em Cedral-MA

O Ministério Público do Maranhão instaurou nesta terça-feira (21) investigação para apurar eventuais crimes e irregularidades ocorridas no Hospital Municipal Maternidade Nossa Senhora da Assunção durante atendimento a Lídia Souza Moreira Veloso,...

O Debate do Maranhão - 23/08/2018 12h21

O Ministério Público do Maranhão instaurou nesta terça-feira (21) investigação para apurar eventuais crimes e irregularidades ocorridas no Hospital Municipal Maternidade Nossa Senhora da Assunção durante atendimento a Lídia Souza Moreira Veloso, de 23 anos.

Segundo o Ministério Público, a paciente estava sendo levada para o Hospital Regional de Cururupu em decorrência do agravamento da situação pós-parto, mas piorou no caminho. Os técnicos de saúde que a acompanhavam na ambulância resolveram levá-la para o Hospital de Mirinzal para reanimá-la, mas não foi possível e a paciente morreu.

O caso aconteceu no último dia 11 de agosto, na cidade de Cedral, a 159 km de São Luís. Para a família, a ausência de suporte médico adequado para realizar a cirurgia e adotar providências, além da demora no encaminhamento para o Hospital de Cururupu – com melhores condições estruturais – contribuíram para a morte dela.

Ação do Ministério Público

O promotor de justiça Thiago de Oliveira Costa Pires requisitou a instauração de inquérito policial e encaminhou expedientes para a Secretaria de Estado da Saúde, Regional de Saúde de Cururupu e Pinheiro e Vigilância Sanitária Estadual pedindo providências quanto a irregularidades identificadas no hospital em vistoria feita no último dia 16.

O promotor também pediu o prontuário médico do atendimento prestado a Lídia Souza e as informações dos profissionais que atenderam a paciente sobre os motivos que a levaram ao óbito. A mesma solicitação foi encaminhada para o Hospital de Mirinzal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *