MAIS MÉDICOS

Mais Médicos: 151 vagas remanescentes estão na região Norte do Brasil

Restam 151 vagas para preenchimento no programa Mais Médicos, de acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (30)....

Restam 151 vagas para preenchimento no programa Mais Médicos, de acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (30). Todos os cargos estão disponíveis na região Norte, nos estados do Amazonas, Amapá, Pará e Roraima – 55% em Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI’S).

Essas vagas continuam em aberto mesmo após o governo federal receber 33.837 inscrições, segundo um balanço das 17h desta sexta. Até então, segundo os dados mais recentes, o Brasil preencheu “mais de 98%” das vagas disponíveis no Mais Médicos – são 8.376 profissionais que já estão alocados nas cidades para trabalho imediato. As inscrições continuam até 7 de dezembro.

Veja a quantidade vagas por estado:

  • Amazonas: 112
  • Amapá: 3
  • Pará: 34
  • Roraima: 2

Novo edital do Mais Médicos:

  • 8.517 total de vagas oferecidas
  • 8.376 vagas preenchidas
  • 2.085 já se apresentaram nas cidades

No Amazonas, as 112 vagas estão distribuídas entre 15 municípios e seis Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI’S). As três disponíveis no Amapá ficam no Distrito Santinário Especial Indígena Amapá/Norte Pará.

Já as 34 vagas ainda abertas no Pará estão localizadas em 12 municípios e em um DSEI. Em Roraima, os dois cargos remanescentes para médicos estão no Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami. (veja a lista de municípios completa abaixo)

Vagas remanescentes do programa Mais Médicos — Foto: Betta Jaworski/G1

Vagas remanescentes do programa Mais Médicos — Foto: Betta Jaworski/G1

Municípios brasileiros com vagas abertas para o Mais Médicos

ESTADO MUNICÍPIO VAGAS RESTANTES
AM ATALAIA DO NORTE 1
AM BOA VISTA DO RAMOS 3
AM DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDGENA ALTO RIO NEGRO 13
AM DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDGENA PARINTINS 8
AM DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA ALTO SOLIMOES 23
AM DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA JAVARI 5
AM DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA MEDIO PURUS 7
AM DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA MEDIO SOLIMOES 12
AM EIRUNEPE 6
AM ENVIRA 5
AM FONTE BOA 3
AM JAPURA 2
AM JURUA 3
AM JUTAI 6
AM MARAA 2
AM NOVO ARIPUANA 1
AM SANTO ANTONIO DO ICA 3
AM SAO PAULO DE OLIVENCA 5
AM SAO SEBASTIAO DO UATUMA 1
AM TAPAUA 2
AM TONANTINS 1
AP DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA AMAPA/NORTE PARA 3
PA AFUA 1
PA ALMEIRIM 1
PA ANAJAS 2
PA AVEIRO 3
PA BAGRE 3
PA CURUA 2
PA DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA TAPAJOS 10
PA FARO 2
PA GURUPA 1
PA MELGACO 4
PA PLACAS 1
PA PORTEL 3
PA SENADOR JOSE PORFIRIO 1
RR DISTRITO SANITARIO ESPECIAL INDIGENA YANOMAMI 2

Sobre o Mais Médicos

  • Foi criado em julho de 2013 para ampliar o atendimento médico principalmente em regiões mais carentes.
  • Em agosto de 2013, fechado acordo com a Opas para participação de médicos cubanos.
  • Participação de brasileiros formados no Brasil aumentou 38% entre 2016 e 2017, de acordo com o Ministério da Saúde.
  • Programa tem 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).
  • Atende cerca de 63 milhões de brasileiros, de acordo com o Ministério da Saúde.
  • Participação de cubanos no programa tinha sido renovada no início deste ano por mais cinco anos.
  • Levantamento do governo divulgado em 2016 apontou que o programa é responsável por 48% das equipes de Atenção Básica em municípios com até 10 mil habitantes.
  • Em 1.100 municípios atendido pelo programa, o Mais Médicos representava 100% da cobertura de Atenção Básica, de acordo com dados divulgados em 2016.
VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados