Em alta

Fla é o primeiro clube brasileiro a ultrapassar o montante de R$ 2 bi como valor de marca

Com a credibilidade em alta, o Rubro-Negro passou a colher bons frutos no mercado financeiro.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo tem se reestruturado desde 2013, quando o clube estava com mais de R$ 700 milhões de dívidas. A partir de então, as receitas passaram a crescer e as dívidas diminuíram consideravelmente. Com a credibilidade em alta, o Rubro-Negro passou a colher bons frutos no mercado financeiro.

Agora, o Flamengo tem crédito no mercado e viu o seu valor de marca crescer consideravelmente. O Rubro-Negro se tornou, em 2019, a primeira instituição brasileira a ultrapassar o montante de R$ 2 bilhões neste quesito. A informação foi publicada primeiramente pelo jornalista Rodrigo Mattos, no Uol Esporte.

A consultoria BDO, que realiza estudo anual sobre a força de mercado de cada clube brasileiro, mantém o Flamengo na primeira colocação, com o Corinthians em segundo e o Palmeiras em terceiro. O Fla atingiu quase R$ 2,2 bilhões, enquanto o Alvinegro conseguiu R$ 1,73 bilhão e o Alviverde aparece com R$ 1,71 bilhão.

O estudo de valor de marcas feito pela BDO leva em conta o tamanho de torcida, receita obtida pela agremiação e mercado. Realizada há 12 anos, a análise usa metodologia que considera 30 variáveis entre pesquisas e dados financeiros dos clubes.

Não tivemos alteração no valor das marcas para os 3 primeiros colocados: Flamengo, Corinthians e Palmeiras, todavia, o Palmeiras, conforme previsto no ano anterior, praticamente alcançou o Corinthians em 2019. Em comparação com 2018, temos: Flamengo com crescimento de 11%, Corinthians com redução de 1% e Palmeiras com crescimento de 12%“, diz a BDO no estudo.

Valor de marca 2019:

1º Flamengo – R$ 2,160 bilhões      (2018 / R$ 1,952 bilhão)

2º Corinthians – R$ 1,736 bilhão    (2018 / R$ 1,741 bilhão)

3º Palmeiras – R$ 1,717 bilhão         (2018 / R$ 1,529 bilhão)

4º São Paulo – R$ 1,228 bilhão        (2018 / R$ 1,197 bilhão)

5º Grêmio – R$ 695 milhões            (2018  / R$ 668 milhões)

6º Cruzeiro – R$ 598 milhões           (2018 / R$ 555 milhões)

7º Internacional – R$ 592 milhões    (2018 / R$ 503 milhões)

8º Atlético-MG – R$ 449,4 milhões    (2018 / 510 milhões)

9º Vasco – R$ 415,4 milhões            (2018 / R$ 398 milhões)

10º Santos – R$ 414 milhões.        (2018 / R$ 423 milhões)

11º Fluminense – R$ 356 milhões   (2018  / R$ 341 milhões)

12º Botafogo – R$ 329 milhões    (2018 / R$ 305 milhões)

13º Athletico-PR – R$ 166 milhões (2018 / R$ 133,2 milhões)

14º Bahia  – R$ 134 milhões   (2018 / R$ 109,5 milhões)

Fonte: Coluna do Fla com edição do jornalodebate.com.br

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados