ELEIÇÕES 2018

‘Estão com medo de um vice?’, diz Haddad sobre ataque de adversários

O candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira (12) que o partido não errou ao esticar...

O candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira (12) que o partido não errou ao esticar a corda antes de trocar Lula na chapa mas que a decisão deixou seus adversários nervosos, que, segundo ele, estão “com medo de um vice”.

“Aconteceu de um vice assumir a cabeça de chapa. Eles estão com medo de um vice? Mas não é só um vice, é um projeto”, afirmou Haddad em encontro com estudantes beneficiários do ProUni, em São Paulo.

“Não arriscamos nada, quem está do lado certo não arriscou nada. Ficar do lado de Lula até o final não é cálculo eleitoral ou algo, assim, menor”, completou.

Oficializado candidato nesta terça (11), com aval de Lula, que foi barrado pela Justiça Eleitoral, Haddad virou alvo de adversários, principalmente Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede).

Aos jornalistas, porém, o petista, não quis responder às provocações.

Aliados afirmam que o objetivo da estratégia, caso Haddad passe ao segundo turno, é tentar construir um ambiente de conciliação. No evento, o petista deu a linha desse raciocínio.

“Não queremos agredir ninguém, até porque a gente conta com apoio no segundo turno de quem está do outro lado”.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados