PRESENTE NATALINO

Crianças do programa Dançando e Educando brilham no palco do Arthur Azevedo

As crianças apresentaram para pais e convidados o espetáculo Presente Natalino.

O Debate do Maranhão - 12/12/2019 11h27

Em um cenário natalino como plano de fundo, as crianças do programa Dançando e Educando, uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, foram protagonistas de uma emocionante história contada através do ballet. Nesta terça-feira (10), as crianças apresentaram para pais e convidados o espetáculo Presente Natalino. Já na quarta-feira (11), a apresentação foi para alunos de escolas da rede municipal de ensino. No palco do Teatro Arthur Azevedo, elas mostraram desenvoltura e habilidade de quem passou a ter acesso a aulas semanais de ballet, o sonho de muitas das meninas que hoje fazem parte do programa, idealizado pela primeira-dama, Camila Holanda.

Este ano, o espetáculo teve um enredo ainda mais especial. Presente Natalino conta a história de Aninha, aluna de escola pública que tinha o sonho de fazer aulas de ballet. Do diretor da escola, a aluna ganha uma sapatilha e a oportunidade de fazer aulas gratuitas desse estilo de dança, que passariam a ser oferecidas pela instituição. Observando as bailarinas que interpretavam personagens como flocos de neve, bolas de natal, presentes natalinos, soldadinhos de chumbo e outros, Aninha se desenvolve e se torna uma grande bailarina. É a história real de muitas das meninas do programa Dançando e Educando, que não tinham condições, mas tiveram a oportunidade de realizar o sonho de fazer ballet.

Nos bastidores, figurinos, cabelos, acessórios, tudo era ajustado com ajuda de professores para que todas estivessem prontas para entrar em cena e apresentarem os resultados de todo o empenho durante as aulas. Antes de subirem ao palco, Kethelen Ribeiro, 7 anos, e Stheffanny da Silva, 8 anos, dividiram o camarim e as emoções. “Estou nervosa sim, mas muito feliz”, contou Stheffanny. “Está tudo pronto, ensaiamos bastante e sabemos todos os passos”, completou Kethelen.

O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, acompanhou o espetáculo e destacou o trabalho que a gestão do prefeito Edivaldo tem feito na Educação com o objetivo de dar novas oportunidades às crianças. “O programa Dançando e Educando vem permitindo que nossos alunos utilizem mais de uma linguagem e, assim, ampliem a capacidade de visão, a consciência de mundo e a percepção da vida através da cultura. Isso é fundamental. Essas crianças estão fazendo hoje uma grande viagem, conhecendo novos espaços, se articulando com outras crianças e através da cultura construindo uma cidadania ainda mais forte, algo que o prefeito Edivaldo tem incentivado bastante na área da Educação”, destacou o secretário Moacir.

As meninas estavam radiantes, se identificaram com a história e encantaram o público presente às duas apresentações. Fizeram conforme o ensaiado e orgulharam a bailarina e professora do Dançando e Educando, Débora Buhatem. “A gente fica muito feliz com o resultado, pois há sempre uma grande logística para que o espetáculo aconteça, tanto no palco quanto fora dele. E foi lindo. As crianças ficam sempre empolgadas, eufóricas por esse momento, que é sempre uma grande oportunidade para elas, dançarem no palco de um importante teatro, onde grandes artistas se apresentam”, ressalta Débora.

Para completar o espetáculo e dar ainda maior dramaticidade ao enredo, foram convidados o ator Thiago Andrade e a bailarina Isabella Sousa. Ambos contribuíram para amarrar o enredo para que as crianças pudessem também contar a história através de cada passo ensaiado e cada personagem representado. A criatividade marcou o espetáculo que reuniu personagens tradicionais e inusitados. “Eu faço parte do Reino de Doces”, contou Allana Silva, de 10 anos, uma das cerca de 160 meninas que participaram das apresentações.

Durante o primeiro dia de espetáculo, mães, pais e convidados se emocionaram com cada coreografia e cada trecho da história. “Estou muito feliz com essa apresentação das meninas. Eu como mãe, fico muito satisfeita com o desempenho delas no palco e também no dia a dia. O ballet além de proporcionar essa oportunidade delas dançarem no teatro tem contribuído com o desenvolvimento delas. Estão mais disciplinadas, atentas e responsáveis”, disse Cislene Barbosa, mãe de Lorena e Luana.

Já no segundo dia, alunos de escolas municipais também puderam prestigiar as colegas. Muitos deles tiveram a oportunidade de estar em um teatro pela primeira vez, como Samara Silva, de 10 anos. “Eu achei o teatro muito bonito. Vim ver as meninas dançarem e torcer para que desse tudo certo na apresentação. Foi muito lindo”, contou a aluna da Unidade de Educação Básica (U.E.B) Senador Miguel Lins. “Achei tudo melhor do que eu imaginava. O teatro é grande e eu nunca tinha estado em um nem visto um espetáculo como esse”, completou a estudante Maria Luisa Diniz, de 11 anos.

Os estudantes lotaram o teatro acompanhados pelos professores, gestores das escolas e técnicos da Secretaria Municipal de Educação.

DANÇANDO E EDUCANDO

O programa completou três anos em 2019 e é uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior que proporciona a estudantes da rede municipal de ensino aulas gratuitas de ballet. Todo o fardamento das meninas, sapatilhas, meias, assim como os figurinos do espetáculo, são fornecidos gratuitamente pela Prefeitura de São Luís. Todo fim de ano, como encerramento das atividades, as alunas apresentam um espetáculo. O primeiro foi em 2017, intitulado Para ler e dançar. No ano passado, as meninas apresentaram “Planeta Azul”, um alerta para a preservação do meio ambiente marinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *