REDE MUNICIPAL

Professora escreve livro a partir de projeto de leitura implantado em escola da rede

O livro ‘Sarau nas Escolas’, da professora da rede municipal da Prefeitura de São Luís, Surama Cristina Caldas, teve...

O livro ‘Sarau nas Escolas’, da professora da rede municipal da Prefeitura de São Luís, Surama Cristina Caldas, teve pré-lançamento para os estudantes da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Alice Coutinho, no auditório da escola, localizada no Turu. Na escola, o lançamento do livro aconteceu na abertura da 2ª Edição do Sarau Literário, projeto realizado pela unidade de ensino, que prossegue até esta terça-feira (8). A obra tem ilustrações de Jefferson Lucas Serra Lemos e Ana Laura Caldas Diniz e contou com o apoio da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior para a impressão.

‘Sarau nas Escolas’ foi pensado e construído a partir do projeto Leitura: Indicação Literária, realizado na escola, voltado para estudantes das séries iniciais da U.E.B. Maria Alice Coutinho. Consiste em fazer com que as crianças se apropriem da leitura e escrita, pegando livros de literatura na biblioteca da escola e levando para casa, e depois possam indicar os livros para outros colegas.

O livro foi impresso com o apoio da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e posteriormente será disponibilizado nas escolas da rede municipal. O secretário de Educação de São Luís, Moacir Feitosa, diz que o estímulo à produção artística e literária dentro das escolas é essencial para o desenvolvimento dos estudantes, para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem, sendo parte da política de Educação da gestão do prefeito Edivaldo.

“Os nossos educadores estão de parabéns pelo excelente trabalho que desempenham em sala de aula. Agradeço especialmente aos professores alfabetizadores das séries iniciais que têm participado de todas as formações oferecidas pela Secretaria de Educação, não medindo esforços para se aperfeiçoar e ampliar seus conhecimentos. E, dessa forma, nos dão como retorno projetos de grande impacto na vida escolar dos estudantes, como é o caso do projeto Indicação Literária, promovido pela U.E.B. Maria Alice Coutinho”, discorreu Moacir Feitosa.

A professora Surama Caldas conta que obteve de imediato todo o apoio da Semed para a reprodução do livro. “Quando apresentei a boneca do livro e falei de todo o trabalho que a escola desenvolve de estímulo à leitura, escrita e à produção literária, a secretaria de imediato acolheu a proposta e já passou a deliberar para que tivéssemos a obra impressa e distribuída para os estudantes”, comenta Surama.

PROJETO

A gestora da U.E.B. Maria Alice Coutinho, Luzinélia Ribeiro dos Remédios, conta que o principal objetivo do projeto de Leitura: Indicação Literária é fazer com que as crianças se aproximem da leitura. “E esse projeto tem dado certo. Mais alunos estão visitando a biblioteca e levando livros para casa. Depois, em sala de aula, são instruídos pelas professoras a fazer uma resenha e, então, indicar os livros que leram para os colegas”, explica a gestora, declarando-se muito satisfeita com o resultado.

Lúcia Verônica de Assunção, coordenadora pedagógica da U.E.B. Maria Alice Coutinho, diz que o Sarau é um encontro festivo literário, que reúne não só estudantes, mas os pais e demais familiares podem participar, e inclusive alunos de outros escolas e convidados. “O projeto tem sido um grande estímulo para as crianças; creio que estamos formando uma grande comunidade leitora”, assegura a coordenadora pedagógica.

Os estudantes Miguel do Vale Araújo, 6 anos, e Dhemife Lorrara Barreto Monteiro, 8 anos (ambos do 1º ano na escola), participam do projeto. Ela diz que gosta muito de ler e que leva livro pra casa toda sexta-feira. Ele conta que gosta de poesias e também de ouvir músicas. “Conheci personagens importantes como Gonçalves Dias e Benedito Leite por meio do projeto”, diz Miguel. “Achei lindas as ilustrações do livro da professora Surama. E também gostei dos personagens”, comentou Dhemife.

Na ocasião da realização do Sarau Literário, na Maria Alice Coutinho, participaram os ilustradores Jefferson Lucas Serra Lemos e Ana Laura Caldas Diniz. Segundo declarou Jefferson, a criação dos personagens para o público infantil – os bonecos no estilo cartoon de Gonçalves Dias, Benedito Leite, Maria Firmina, Catarina Mina e Artur Azevedo – foi algo ímpar, muito singular e desafiador. “Já fiz muitas ilustrações, estampas e animações para o público adolescente; mas, para o público infantil é a primeira vez, e estou muito feliz com o resultado”, disse Jefferson. “Trabalhamos os personagens e as paisagens de São Luís de forma simples, juntando a linguagem formal com a visual, e o resultado foi muito bom, acredito”, assinalou Ana Laura.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados