COMBUSTÍVEL NO MARANHÃO

Postos de São Luís apresentam grande variação na redução do preço do diesel

Postos de combustível de São Luís têm apresentado grande variação na redução do preço do diesel após o governo...

Postos de combustível de São Luís têm apresentado grande variação na redução do preço do diesel após o governo federal ter determinado uma diminuição de R$ 0,46 no litro. Alguns postos só reduziram 10 centavos no preço do combustível.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (Sindcombustíveis), João Rolim, esta situação acontece porque não houve redução no preço do biodiesel, que é misturado ao óleo diesel.

“Nem todas as distribuidoras conseguem baixar R$ 0,46. A diferença tem que ser feita no biodiesel que é 10% misturado ao óleo diesel, mas o biodiesel não teve desconto. Então não vai dar os R$ 0,46. Não dá porque o biodiesel não baixou o preço. Alguns conseguem até R$ 0,43, no máximo”, afirmou.

O G1 verificou em vários postos de São Luís a redução do preço do diesel e constatou uma redução que varia de R$ 0,50 a R$ 0,10, dependendo do posto e da localidade. A comparação dos preços é baseado no custo do litro do diesel antes e depois da greve do caminhoneiros e utiliza dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP). A greve dos caminhoneiros começou no dia 21 de maio.

Na Travessa General Arthur Carvalho, um posto diminuiu o preço do diesel s10 de R$ 3,99 para R$ 3,54 (Foto: Rafael Cardoso/G1 MA)

Na Travessa General Arthur Carvalho, um posto diminuiu o preço do diesel s10 de R$ 3,99 para R$ 3,54 (Foto: Rafael Cardoso/G1 MA)

Na Travessa General Arthur Carvalho, o preço do litro do diesel s10 em um posto era de R$ 3,99 entre os dias 20 e 26 de maio, segundo a ANP. Nesta segunda-feira (4) o preço caiu para R$ 3,54. Esse é o mesmo preço cobrado por um posto de combustível na Ponta d’Areia, onde um gerente que vendia o diesel s10 a R$ 3,95 antes da greve conseguiu baixar o preço para R$ 3,54.

“O combustível vai chegando e a gente vai conseguindo baixar mais”, contou o gerente Linaldo Costa.

Posto de combustível estava vendendo diesel S10 a R$ 3,54 neta segunda (4) (Foto: Rafael Cardoso/G1)

Posto de combustível estava vendendo diesel S10 a R$ 3,54 neta segunda (4) (Foto: Rafael Cardoso/G1)

No Turu, um posto que cobrava R$ 3,89 no litro do diesel comum entre os dias 20 e 26 de maio, segundo a ANP, está cobrando nesta segunda-feira (4) R$ 3,69. Esse também é o preço em outro posto do mesmo bairro, mas que antes da greve dos caminhoneiros cobrava R$ 3,79 pelo preço do litro do diesel. Ou seja, o preço caiu apenas 10 centavos.

Em um bairro próximo, no Olho D’água, um gerente de posto conseguiu reduzir no mesmo período o preço do diesel de R$ 3,89 para R$ 3,39.

No Turu, posto que cobrava R$ 3,89 no litro do diesel comum antes da greve dos caminhoneiros está cobrando R$ 3,69. Redução de 20 centavos. (Foto: Rafael Cardoso/G1 MA)

No Turu, posto que cobrava R$ 3,89 no litro do diesel comum antes da greve dos caminhoneiros está cobrando R$ 3,69. Redução de 20 centavos. (Foto: Rafael Cardoso/G1 MA)

Postos não têm placas com comparação de preços

De acordo com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, os postos de combustíveis deverão apresentar placa comparando o preço dos combustíveis no dia atual com o dia 21 de maio, quando começou a greve de caminhoneiros.

Em nenhum dos postos de São Luís conferidos pelo G1 foi identificada esta comparação. De acordo com João Rolim, os postos e nem o sindicato têm conhecimento dessa determinação ou de algum

“Se tivesse, já tinha sido cumprido. Essa portaria eu desconheço. Qualquer posto também não tem obrigação de dizer porque os caminhoneiros sabem quando o preço caiu ou não”, afirmou.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados