Moto vence fora de casa e avança contra rebaixamento

O Moto Club venceu por 1×0, o Asa – Al em Alagoas e respira firme contra o rebaixamento. Um...

O Moto Club venceu por 1×0, o Asa – Al em Alagoas e respira firme contra o rebaixamento. Um jogo muito complicado, mesmo não conseguindo jogar bem, buscou a vitória e conseguiu três pontos. Agora enfrenta o Remo no Castelão no próximo sábado (27), a torcida deve fazer sua parte e lotar o estádio e empurrar o clube para se manter no Brasileiro da série C, veja como foi a partida:

Diferente de outras partidas, o Moto Club não conseguiu equilibrar o jogo, começou a partida sofrendo pressão do Asa-Al, o time alagoano com apenas um minuto, já fazia Saulo fazer uma grande defesa no chute de Leandro Kível de dentro da pequena área. Aos nove minutos, o zagueiro Michel se atirou na frente do atacante adversário para salvar o gol.

O Papão do Norte não conseguiu fazer o goleiro alagoano trabalhar nas poucas oportunidades, fosse em cruzamentos na área ou em bola parada, o arqueiro nem precisava se esforçar, pois a bola passava longe. Enquanto isso, Saulo fazia outra grande defesa, Everton entrou cara a cara, mas o goleiro rubro-negro foi mais esperto e ficou com a bola para alegria dos torcedores maranhenses.

O jogo não agradava ao técnico Marcinho Guerreiro, aos 40 minutos do primeiro tempo, ele tirou Raí e colocou Daniel Barros em campo. Com a substituição e o atendimento médico aos jogadores, o árbitro levou o jogo até 50 minutos. Daniel Barrou falou sobre o jogo no intervalo:

“O time entrou desatento no começo do jogo e só agora no final conseguimos chegar na área deles”, disse o jogador do Moto Club”.

O segundo tempo não começou melhor, aos três minutos, Leandro Kível perde um gol incrível, dois minutos depois, o mesmo jogador perde outra chance. Aos sete minutos, o técnico Marcelo Villar já havia feito duas substituições para buscar a vitória. Apenas com 19 minutos, a primeira jogada de ataque do Rubro-Negro da Fabril, Danilo Bala chuta a bola em cima do zagueiro alvinegro e a bola vai para fora.

Com o passar do tempo, o ritmo de jogo diminuiu, o time alagoano não encontrou mais forças para atacar e o Papão do Norte foi ganhando espaço e, finalmente, começou a crescer na partida. Aos 29 minutos, Alex Henrique aparece na ponta e cruzou na área, mas a zaga cortou. Um minuto depois, jogada idêntica, mas desta vez Toni Galego apareceu entre os zagueiros para colocar a bola no fundo das redes.

Com o placar na frente, a equipe rubro-negra procurou explorar ainda mais o contra-ataque, pois o Asa-AL não conseguia mais atacar com a mesma intensidade e deixava espaço no setor defensivo. Aos 36 minutos, o técnico Marcinho tira Alex Henrique e coloca o zagueiro André Penalva, assim garantir o resultado.

O time conseguiu segurar o placar até o fim dessa vez e o técnico rubro-negro falou sobre o resultado:

“Nós tivemos a visão do jogo e conseguimos sair com essa vitória importantíssima. Ainda é difícil e agora vamos ter tranquilidade porque no sábado teremos mais um jogo difícil contra o Remo”, disse o técnico do Moto Club.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados