Kuczynski será interrogado por promotor que investiga denúncias contra Toledo

O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, será interrogado nesta quinta-feira (15), como testemunha, pelo promotor que investiga o...

O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, será interrogado nesta quinta-feira (15), como testemunha, pelo promotor que investiga o ex-presidente Alejandro Toledo por supostamente ter recebido propina de US$ 20 milhões da construtora Odebrecht, informaram os veículos de imprensa locais.

Kuczynski receberá no Palácio de Governo de Lima o promotor anticorrupção Hamilton Castro. Ele já ouviu o presidente, no fim de dezembro do ano passado, pelo mesmo caso, que incluiu a investigação pela licitação das seções 2 e 3 da estrada Interoceânica.

A promotoria tinha marcado o interrogatório para o último dia 27 de fevereiro, mas reprogramou após receber um pedido de Kuczynski, por causa de uma viagem à Colômbia, informou o jornal El Comercio, em seu site.

Segundo o jornal, fontes da Presidência disseram que Kuczynski receberá Castro, que ampliará a primeira declaração dada pelo presidente, a pedido do advogado de Toledo, em cujo governo foi presidente do Conselho de Ministros (primeiro-ministro) e ministro da Economia.

Na última terça-feira (13), a Suprema Corte de Justiça do Peru aprovou o envio aos Estados Unidos da solicitação de extradição de Toledo, acusado de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e colusão (conluio).

Kuczynski receberá o promotor no mesmo dia em que o Congresso debaterá se aceita uma moção de vacância (destituição) apresentada contra ele pelos opositores, também por sua ligação com a Odebrecht.

Fonte: Agência EFE.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados