CAPACITAÇÃO

Governo capacita profissionais para elaboração dos planos municipais de segurança alimentar e nutricional

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), concluiu nesta quinta-feira (17),a oficina para Elaboração...

Profissionais são capacitados para elaboração do Plamsan. (Foto: Divulgação

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), concluiu nesta quinta-feira (17),a oficina para Elaboração de Planos Municipais de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), realizada no Centro Social Urbano (CSU) do Vinhais. A capacitação contempla 33 municípios, beneficiando diretamente profissionais da área. A ação é fruto de convênio federal celebrado com os governos estaduais do Maranhão, Piauí e Ceará, em parceria com a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Segundo o gestor da Sedes, Francisco Oliveira Junior, o Governo do Maranhão tem empreendido esforços no sentido de aprimorar os municípios e ajudá-los na criação de seus planos de segurança alimentar. “Cada município que aderiu ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) tem o prazo de um ano para elaborar o seu plano. A Sedes disponibilizará todo o suporte necessário para o esclarecimento de dúvidas para que todos tenham plenas condições de fortalecer as políticas de segurança alimentar em benefício da população maranhense”, afirmou o secretário.

A secretaria adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvídea Caldas, destacou a capacitação ministrada aos profissionais como um fator norteador à elaboração dos Planos Municipais de Segurança Alimentar e Nutricional dos municípios maranhenses, no sentido de orientá-los quanto às diretrizes a serem seguidas. “A política de segurança alimentar no Estado tem sido construída com a participação de todos: governo e sociedade civil. E essa capacitação é mais uma iniciativa desenvolvida com o propósito de fortalecer e consolidar as políticas públicas voltadas à área, de forma que possamos avançar ainda mais e reduzir os índices de insegurança alimentar no Estado”, observou Lourvidea Caldas.

Profissionais são capacitados para elaboração do Plamsan. (Foto: Divulgação)

A programação da oficina contou com exposição de temas relacionados às diretrizes orientadoras do Plano de SAN; exposição sobre Planejamento em Segurança Alimentar; exposição sobre Plano Municipal de SAN. Teve ainda elaboração de trabalhos e apresentações de grupos; encaminhamento de etapas e prazos, além de debates, avaliações e distribuição de materiais pedagógicos para subsidiar a elaboração dos Planos Municipais de Segurança Alimentar (Plamsan), entre outros assuntos.

A representante do município de Afonso Cunha, Keite Vidal, declarou que a capacitação é de extrema importância para a eficácia do plano municipal. “Com a oficina temos a oportunidade de esclarecer nossas dúvidas, ter melhor embasamento teórico e informações para que possamos desempenhar nossa função com muito mais qualidade e fortalecer cada vez mais a segurança alimentar em nosso município”, disse.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados