INAUGURAÇÃO

Fundação Antônio Dino inaugura escola e brinquedoteca para crianças em tratamento contra o câncer

Coluna Elas por Ela, por Thati Mondego

 A Fundação Antônio Dino, instituição que mantém o Hospital do Câncer Aldenora Bello, inaugurou o espaço infantil da Casa de Apoio da FAD, com ajuda e parceria da Potiguar. A Escola do Sorriso foi totalmente reformada e ampliada para oferecer às crianças, que não podem frequentar a escola durante o tratamento contra o câncer, aulas de alfabetização e continuação dos estudos.

“A gente vê que muitas dessas crianças vêm do interior do estado e passam muito tempo aqui sem conseguirem ser regulares na escola. Mas, com esse ambiente educacional e lúdico vamos conseguir fazer com que esses pacientes deem continuidade ao período escolar. Além disso, vamos trabalhar muito a alfabetização, porque muitos não sabem ler nem escrever. Agora vamos iniciar as aulas com as crianças da Casa de Apoio e da pediatria do Hospital. Mas, nossa meta é futuramente ampliar esse atendimento para os pais e demais pessoas da Fundação”, afirma Alice Dino, psicopedagoga e coordenadora das Casas de Apoio da Fundação Antonio Dino.

Além da Escola do Sorriso, foi inaugurada a brinquedoteca, a qual foi ampliada e climatizada para oferecer atividades lúdicas e pedagógicas para as crianças, visando trabalhar a socialização, motricidade, desenvolvimento social e psicológico. Com esse novo espaço, tornou-se possível uma nova realidade para as crianças atendidas no Aldenora Bello, que é associar a educação ao tratamento no hospital, em um espaço lúdico, confortável e moderno, composto por dois ambientes, a brinquedoteca e uma escolinha para trabalhos de escolarização, com alfabetização e acompanhamento escolar.

“Antes o espaço não gerava conforto, a iluminação não era favorável e a preocupação com as crianças tendo contato com impurezas nos móveis e armários antigos era constante. Graças à sensibilidade da Potiguar o nosso trabalho será realizado com mais qualidade, favorecendo no tratamento das crianças durante a estadia na casa de apoio da Fundação Antonio Dino. Só temos a agradecer a Potiguar, aos clientes e a todos que ajudaram a tornar o espaço infantil mais amplo e iluminado. Todo o serviço foi feito com muita dedicação e carinho para dar mais qualidade de vida às nossas crianças, por meio de um ambiente bonito e confortável”, explica Antonio Dino Tavares, presidente da Fundação.

A reforma do espaço infantil só foi possível graças à Potiguar, que de forma solidária trabalhou na arrecadação de fundos com a venda dos bonecos Potiboy (mascote da Potiguar) em suas lojas. A campanha foi um sucesso e conseguiu arrecadar R$28.400, um recurso que ajudou a custear parte das obras que teve um valor total de R$ 69 mil.

“Nosso objetivo principal era dar um destino nobre às vendas desses bonecos e quando o Hospital Aldenora Bello abriu as portas para a gente conhecer esse espaço, a gente idealizou levar a essas crianças um pouco mais de alegria e educação, já que durante o tratamento elas ficam longe da escola. E essa reforma só aconteceu graças aos nossos cientes que acreditaram na nossa promessa. Hoje, a gente entrega para as crianças e para todos que acreditaram na nossa campanha, a concretização de um projeto idealizado com muito carinho”, declara Camila Brasil, uma das sócias da Potiguar.

 

Matéria veiculada na Coluna Elas por Ela, por Thati Mondego

Sugestões de pauta: thati@jornalodebate.com.br

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados