PENSANDO BEM...

Bolsonaro recua e diz que pode participar de debates na televisão

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, recuou nesta 5ª feira (23.ago.2017) na decisão de faltar a todos os debates na televisão. Bolsonaro disse que poderá ir a alguns debates previstos...

O Debate do Maranhão - 24/08/2018 12h59

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, recuou nesta 5ª feira (23.ago.2017) na decisão de faltar a todos os debates na televisão. Bolsonaro disse que poderá ir a alguns debates previstos até o 1º turno.

O militar deixou aberta a possibilidade de comparecer aos 5 debates previstos para televisão: TV GazetaTV AparecidaSBTRecord e Globo. O candidato sinalizou que não deve participar de debates em rádios e sabatinas, por exemplo.

“Se achar que não devo comparecer, não vou comparecer. 90% diz que não assistirá ao debate se não eu estiver. Vou querer cota de patrocínio. Nos debates, estou sem liberdade”, falou.

No fim de junho, Bolsonaro disse em comício que participaria de todos os debates. Compareceu aos 2 primeiros na televisão: o da TV Bandeirantes e o da RedeTV!.

Nesta 4ª (22.ago), Bolsonaro afirmou que não iria ao debate da rádio Jovem Pan, marcado para a próxima 2ª (27.ago). Mais tarde, o presidente do partido, Gustavo Bebianno, disse que a ausência do militar também se aplicaria aos outros programas.

No sua página do Facebook, Bolsonaro afirmou que os convites serão atendidos, mas sem comprometer o cronograma de viagens pelo Brasil. “Seguiremos buscando atender aos convites com boa fé, sem comprometer nossa agenda”, disse.

Em Araçatuba

Jair Bolsonaro esteve nesta 5ª em Araçatuba, em São Paulo. É a 2ª cidade do interior paulista visitada nesta semana.

O candidato participou de carreata, conversou com eleitores e visitou quartel da Polícia Militar. Vídeos divulgados pelo próprio militar mostram pessoas caminhando ao lado do trio elétrico ao som de músicas de campanha.

Até o fim de semana, Bolsonaro também passará por São José do Rio Preto e Barretos.

O interior de São Paulo apresenta forte apoio histórico ao PSDB, de Geraldo Alckmin. O tucano e Bolsonaro aparecem empatados tecnicamente nas últimas pesquisas com o público paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *