Antonio Noberto recebe título de cidadão ludovicense

O policial federal Antonio Noberto da Silva recebeu o título de Cidadão de São Luís da Câmara Municipal. A...

O policial federal Antonio Noberto da Silva recebeu o título de Cidadão de São Luís da Câmara Municipal. A honraria foi proposta pelo vereador Marcial Lima (PEN) e aprovada por unanimidade no Plenário da Casa, que reconheceu os trabalhos desenvolvidos por Noberto com comunidades da zona rural da capital maranhense, sua atuação na Polícia Federal e sua dedicação à preservação da história de São Luís.

Antonio Noberto recebe título de cidadão ludovicense (Foto: Divulgação)

“Conseguimos mostrar aqui a humildade do Antônio Noberto, um cara que tem um trabalho muito forte na zona rural, na área do turismo. É um cara que realmente tem serviço prestado. Acho que o reconhecimento ter que ser feito em vida. Não vamos homenagear por meio de título de cidadão pessoas que não merecem”, afirmou o vereador Marcial Lima.

Emocionado com o título de cidadão ludovicense, Noberto disse que a homenagem é o “coroamento de um trabalho”. “É uma satisfação muito grande receber esse título aqui porque ele é um coroamento de um trabalho que a gente realiza há décadas aqui no Maranhão. O Marcial Lima é um amigo do coração, uma pessoa competente que está no lugar certo e que vai crescer muito. É uma pessoa que tem ética, que entende e que tem ajudado muito a população de São Luís”, disse.

Compareceram à homenagem, além dos familiares do homenageado, a vereadora Fátima Araújo (PCdoB), muitos amigos, inúmeros moradores da zona rural da capital, o presidente do Conselho Comunitário da Zona Rural, João Batista Amorim; a professora e secretária de Turismo de São Luís, Maria do Socorro Araújo; a presidente da Academia Ludovicense, Dilerci Aragão; o presidente da Fundação Josué Montello, ex-deputado federal Nan Sousa; o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Maranhão, Marinilton Sousa, além de jornalistas.

Perfil

Antonio José Noberto nasceu em Pentecostes (CE), formou-se turismólogo pela Universidade Federal do Maranhão e depois ingressou na Polícia Rodoviária Federal (MA), onde tem atuado como assessor de imprensa. Ele é escritor com três livros publicados, dois dos quais com apontamentos sobre a fundação de São Luís, sendo, por isso, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão e da Academia Ludovicense de Letras.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados